Licenciei-me e agora?

Olá a todas!

Hoje quis trazer este tema como forma de esperança para os milhares de Licenciados que dedicaram três ou mais anos das suas vidas ao estudo como forma de aposta num futuro melhor e são confrontados com o desespero do desemprego.

A questão é mesmo essa: Licenciei-me e agora?

Imagem retirada do Pinterest

Nos dias que correm ter um canudo por si só não abre portas a ninguém e se não se tiver o tal factor C (factor cunha) – nada contra quem o tem – a procura por uma oportunidade de trabalho pode ser bem mais longa. 

Como eu, muitas de vocês talvez já passaram, estão a passar ou vão passar por este processo de sair da faculdade e ter de decidir aquilo que querem fazer profissionalmente com a vossa vida e por isso mesmo quero deixar-vos o meu testemunho porque acredito que com trabalho e empenho tudo é possível!

Licenciei-me no início do passado mês de Outubro e decidi de imediato que não iria apostar numa estratégia de “vou me candidatar ao que aparecer”, não foi para isso que estudei e que tantos sacrifícios eu e a minha família fizemos. 

Comecei por pensar em que ramo de actividade gostaria de trabalhar e que funções teria eu capacidade de vir a desempenhar com as competências que desenvolvi, a partir daí tracei os meus objectivos. 

Por isso, fui investigar as empresas que existiam nos locais onde estaria disposta a me deslocar para trabalhar, fiz uma selecção das que me convinham, reuni informação sobre o seu funcionamento, fui a cada uma delas entregar pessoalmente o meu currículo ao responsável pela selecção e recrutamento e expus a minha situação evidenciando os meus pontos fortes. Estive atenta ao anúncios de oferta de emprego online e cheguei a responder a alguns.

Na semana passada fui contactada para uma entrevista de emprego por uma das empresas às quais me tinha deslocado porque estavam a precisar de alguém com o meu perfil e como eu já me tinha antecipado ao entregar lá o currículo não foi preciso colocarem um anúncio com a oferta de emprego.

A verdade é que ontem voltei a ser entrevistada, agora pela responsável da área de negócio com quem iria trabalhar, fui seleccionada para o cargo e começo a trabalhar já na próxima segunda feira!

Por isso não percam a esperança mas empenhem-se, planeiem, procurem e marquem a diferença em quem recebe o vosso currículo, seja em mãos, seja pela Internet. 

Não se deixem nunca abalar pelos “não” que vão com certeza receber, não renunciem nunca em realizar os vossos objectivos!

Beijinho,
A Mulher Moderna.

Artigos Relacionados

Deixa um comentário