A feminidade no século XXI

Olá a todas! Hoje trago-vos um artigo sobre a feminidade no século XXI, mais do que partilhar a minha opinião, este artigo serve também como desabafo.

Não sei o que se passa com estas novas tendênciasRalph & Russo Spring 2019 – Haute Couture Collection, o que eu sei é que o corpo feminino virou um puro objeto sexual, paradigma pelo qual todos os feministas têm lutado para aniquilar.

Vejo pelo exemplo que a mídia divulga e pelo que é partilhado nas redes sociais. O que vemos são corpos a serem expostos em roupas tipo lingerie, transparentes, ou quase inexistentes. E por consequência miúdas de 14 anos, como a minha irmã, a acharem que é cool andar de crop top e calções tão curtinhos que se vêm as nádegas.

Não acho que devemos julgar os outros pela roupa que vestem, longe disso, simplesmente acho que os padrões de “beleza” da sociedade moderna têm se transformado numa autentica palhaçada.

Todos devemos poder exprimir livremente a nossa personalidade, seja através da roupa, da nossa forma de viver ou da nossa maneira de ser. O que eu acho chocante é a mensagem que passamos aos jovens. A mensagem de que quanto mais o corpo é exibido mais atraentes somos, mais sexy nos tornamos.

Desde quando é que andar com as partes intimas quase à mostra é ser sexy? Existem leis que regulam este tipo de imagem, chamam-se Atentado ao pudor.

Continuar a ler

Não aos padrões de beleza impostos pela sociedade moderna!

Olá a todas! Como podem ler no título, hoje decidi escrever um artigo sobre os padrões de beleza impostos pela sociedade moderna. Eu bem sei que não costumo usar o blog para abordar estas temáticas mas a verdade é que é um assunto que me assusta e me incomoda pelas proporções que tem vindo a tomar.

Antes de começar a debitar, e porque sei que comentário negativos surgirão, esta é apenas a partilha da minha opinião que vale o que vale. Não estou a julgar ninguém pelas opções de vida que toma nem estou a tentar criticar estilos de vida saudáveis. O texto que se segue é apenas o desabafo de uma mulher de 26 anos que é confrontada diariamente com comentários ridículos por não se enquadrar nos padrões de beleza modernos que foram ditados por sabe-se lá quem!

Este assunto surge de conversas recorrentes que tenho com as minhas amigas, em que nos vemos confrontadas com as comparações que fazem entre nós e ditas belezas da sociedade. O mais assustador é que este comportamento surge de mulheres que sentem necessidade de “deitar abaixo” outras mulheres. Não sei se por falta de confiança nelas próprias, por frustração ou apenas para seguir a tendência, o que é ainda mais ridículo.

A verdade pode parecer cliché, mas é a mais pura das realidades: a Beleza é relativa e está nos olhos de quem a vê! O que é bonito para mim em termos de beleza física não o é para vocês e vice versa.

Ver Também: Adaptar as roupas à nossa morfologia

Não aos padrões de beleza impostos pela sociedade moderna!

Continuar a ler